landing page

A landing page é o hall de entrada dos visitantes digitais. Esta página acolhe quem clica num link, numa faixa, numa publicação ou num tweet. E faz jus ao seu nome. Proporciona uma receção agradável aos seus visitantes para tentar transformá-los em potenciais clientes. Para conseguir isso, a página deve estar bem organizada e otimizada, porque todos os detalhes são importantes. Dedicar algum tempo à sua landing page é investir no ROI da sua campanha. Agora que os seus convidados estão à sua porta, tudo o que tem de fazer é convencê-los a entrar. Para conseguir isso, reunimos todas as práticas recomendadas para criar a landing page perfeita.

Elementos indispensáveis da landing page

Uma landing page é uma alavanca de marketing muito visual. Para garantir o seu sucesso, analisemos os elementos indispensáveis que podem afetar o sucesso da sua campanha.

  • Uma imagem de capa inspiradora e elegante, diretamente associada ao seu negócio. Um cenário, o detalhe de um produto, uma imagem inspiradora… é necessário suscitar o interesse e a confiança. Em determinados casos, podemos também colocar um vídeo para proporcionar uma maior dinâmica. No entanto, disponibilize também uma imagem estática para substituir o vídeo em caso de utilização de um dispositivo móvel. Com o vídeo, o tempo de carregamento pode ser muito demorado, e o consumo de dados será afetado.
  • Um título com impacto: seja na forma de uma pergunta ou de uma afirmação transparente, o título está presente para o desafiar. Consoante o tema e o objetivo da sua landing page (documento técnico, boletim informativo, promoção especial, página do produto, etc.), o título deve ser transparente e compreensível, pois contribui para o potential de conversão.
  • Um “apelo à ação” para incentivar o envolvimento. Em conjunto com um slogan relevante, o CTA (apelo à ação) é encontrado em vários locais da página, possivelmente com várias formulações diferentes. O que importa é que o primeiro seja visível acima da linha de água, independentemente do dispositivo utilizado.
  • No âmbito de uma campanha para um documento técnico, um seminário na Web ou uma formação, é possível partilhar um excerto para dar uma ideia do tom e do estilo do conteúdo, bem como dois ou três testemunhos. Estes últimos devem ser reais e ter origem em pessoas reais (esqueça as fotografias dos bancos de imagens que prejudicarão a sua credibilidade).
  • Botões de partilha nas redes sociais: uma ação sempre útil para partilhar uma boa oferta online.
  • O formulário para converter. Este último é um dos parâmetros mais importantes. Mais um motivo para falarmos de novo sobre isso em detalhe abaixo.

Tenha em atenção que qualquer uma destas variáveis pode ser testada individualmente no âmbito de uma abordagem de testes A/B. Trata-se de uma prática recomendada que garantirá a otimização máxima da sua landing page.

Concluir o formulário de transferência

Incontornável e indispensável. É graças a ele que mede os seus esforços de marketing. Acha que qualquer formulário serve? Desengane-se! Criar um formulário eficaz é uma tarefa muito complexa.

A base do formulário

O primeiro passo é encontrar um bom equilíbrio na recolha de informações pessoais. Estas últimas devem ser utilizadas por si, sem desencorajar os visitantes. Em B2B, o mais comum é o seguinte:

  • Nome próprio
  • Apelido
  • Empresa
  • Cargo
  • Email
  • Telefone

Podemos ser ainda mais eficazes apenas com o seguinte:

  • Nome próprio
  • Apelido
  • Empresa
  • Email

Os campos em falta podem ser preenchidos posteriormente num outro passo do percurso do cliente, ou através de uma abordagem de inteligência de vendas com dados públicos, disponíveis online (especialmente, através do LinkedIn).

Em B2C, ficamos satisfeitos apenas com o seguinte:

  • Nome próprio
  • Apelido
  • Email

Sugestão

Em caso de dúvida, dedique algum tempo a criar dois formulários diferentes. Um teste A/B pode então ser implementado de modo a encontrar aquele que apresenta o melhor desempenho. O que importa é apoiar-se numa abordagem estatística, em vez de numa intuição pessoal.

Prática recomendada

Para uma campanha de inbound marketing, quando a sua landing page é utilizada para recolher potenciais clientes, não forneça o link de transferência imediatamente após a conclusão do formulário. Este é um erro clássico, porque basta introduzir informações falsas para ter acesso ao conteúdo. Resultado: um potencial cliente perdido para a marca. O mais eficaz é implementar um sistema de automatização. Este último envia uma mensagem para o email indicado, com o link para aceder ao conteúdo (documento técnico, vídeo, etc.). Deste modo, tem a certeza de que o email está correto e pode até mesmo ficar a saber se o conteúdo foi aberto e se o link foi clicado. Uma forma de destacar o interesse real do leitor por um registo adequado.

Para o B2B: a abordagem a testar

Em B2B, algumas empresas excluem os endereços de email pessoais do tipo @gmail.com ou @hotmail.com. O objetivo é concentrar-se apenas nos endereços de email profissionais. Esta opção diminui o número de conversões, mas geralmente permite qualificar ainda mais a procura. Podemos então reconciliar os dados dos potenciais clientes com mais facilidade com uma ferramenta de CRM. Esta opção depende da estratégia escolhida, entre quantidade e qualidade de potenciais clientes.

Não se esqueça do seguinte

Três fundamentos para concluir o seu formulário:

  • Conformidade absoluta com todas as regras do RGPD (opção ativa de participação, consentimento, tratamento e proteção de dados, etc.).
  • Um design perfeitamente responsivo para se adaptar a todos os tipos de ecrã (com os testes associados).
  • Uma fase de controlo de qualidade da interface do utilizador com utilizadores reais. Tal garante que o formulário está totalmente operacional para uma experiência ideal e sem problemas.

Alavanca essencial de uma campanha de marketing, a landing page deve ser palco de todos os esforços. É através dela que passarão os potenciais clientes suscetíveis de se transformarem em clientes. Por fim, lembre-se de que uma landing page é evolutiva. O seu lançamento não é o fim do projeto. A landing page deve ser cuidadosamente monitorizada ao longo de toda a campanha para poder fazer os ajustes necessários em caso de necessidade.

O estúdio gráfico de Kwanko propõe a criação de todos os seus meios de difusão. Para falar com os nossos especialistas, contacte-nos!

Tags : formulário de transferênciapágina de destinotestes a/b
Anaïs | Kwanko

The author Anaïs | Kwanko

Leave a Response