Influência

8 DICAS PARA RENTABILIZAR O SEU BLOG

rentabilizar-blog

Viver em pleno a sua paixão, viajar gratuitamente pelo mundo, conhecer grandes restaurantes, ser convidado para eventos exclusivos… Confesse: é isto que quer, não é? Este é o dia-a-dia dos bloggers influentes, contudo, estes são apenas uma pequena percentagem de todos os bloggers ativos. De acordo com um estudo norte-americano, dois terços dos bloggers ganham menos de 5 000 dólares por ano. Uma cruel desilusão?

Talvez sirva de consolo saber que, dos restantes, 11% ganham mais de 30 000 dólares e os 6% mais ricos usufruem de mais de 60 000 dólares. Mesmo que seja complicado ganhar a vida apenas com um blog, este não deixa de ser um excelente complemento monetário de baixo custo, uma forma de partilhar as suas paixões e de ganhar dinheiro fazendo o que gosta. Quer pretenda lançar-se na blogosfera ou acelerar o processo, verifique as nossas 8 dicas para rentabilizar o seu blog.

OS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS PARA UM BLOG EFICAZ

Antes de pensar em ganhar dinheiro, convém recordar alguns princípios fundamentais. De facto, para que um dia possa constar entre os grandes, precisa, antes de mais, de elaborar a sua estratégia sobre uma base sólida que pode ser assim sintetizada:

  • Uma plataforma forte e intuitiva : para a criação de um blog é difícil ignorar o WordPress, com a sua comunidade ativa, milhares de plug-ins e temas profissionais.
  • Uma infraestrutura técnica sólida : esqueça o alojamento grátis, há que investir num serviço profissional rápido, com um site adaptado para dispositivos móveis e um nome de domínio específico.
  • Artigos interessantes : a receita é simples: escreva regularmente artigos de boa qualidade, de valor acrescentado e fáceis de partilhar.
  • Uma estratégia editorial : criar uma comunidade demora, mas é um investimento a longo prazo. Dedique algum tempo à partilha dos seus artigos, à interação com os outros nas redes sociais, a responder aos comentários. Seja ativo e peça a opinião dos seus leitores. Caso os artigos interessem aos utilizadores, o resto acontecerá naturalmente.

COMO RENTABILIZAR O SEU BLOG?

1/ LANÇAR-SE NO MARKETING DE AFILIAÇÃO

É a publicidade “passa a palavra” 2.0 que permite fazer um link para um site comercial a partir de determinadas secções do seu site. Por exemplo, se o blog é sobre música e testa diversas guitarras, poderá fazer um link para a compra das suas três guitarras preferidas num site comercial. Com a afiliação será pago por clique ou compra. Isto é motivo mais do que suficiente para partilhar a sua análise e motivar os visitantes para a compra.

2/ DIFUNDIR PUBLICIDADE EM DISPLAY NO SEU BLOG

Quanto maior o alcance do seu blog e maior o número de visitas geradas, melhor a sua imagem, o desenvolvimento do seu papel enquanto agente influenciador e maior o potencial para a integração de publicidade. Integrar publicidade no blog deve, antes de mais, ser uma decisão pessoal, assumida por si e relacionada com a sua linha editorial e com a experiência dos seus visitantes. Mas, caso o pretenda fazer, não necessita ser perito em Web Development ou em código : existem cada vez mais plataformas simples e intuitivas, do tipo Google AdSense, que colocarão a publicidade em zonas especificamente definidas do blog.

3/ INTEGRAR PUBLICIDADE NATIVA NOS ARTIGOS DO BLOG

A publicidade nativa, uma outra vertente da publicidade na web, integrada de forma contextualizada no design do blog e na linha editorial do mesmo, permite-lhe partilhar o conteúdo de terceiros e, consequentemente, gerar lucros. O princípio é simples : links (de texto ou visuais) colocados em locais estratégicos, como na barra lateral, por exemplo, e que constitui uma experiência não-intrusiva para o leitor, por a publicidade nativa estar relacionada com o conteúdo da página que a contém. Quando um visitante clica numa publicidade nativa, é direcionado para o conteúdo em causa a partir de uma nova janela de navegação. Quanto a si, é recompensado por isso.

4/ SUGERIR UMA SUBSCRIÇÃO À SUA COMUNIDADE

Caso possua um blog premium, deveras conhecido e de excelente qualidade, sem dúvida alguma que parte da sua comunidade aceitará pagar para obter serviços adicionais. Assim sendo, poderá sugerir uma parte pública, gratuita, financiada pela publicidade para o cultivo da sua imagem, conseguir novos leitores e trabalhar o seu papel de embaixador, e uma parte privada, sem publicidade, mas de subscrição premium com conteúdos reservados aos membros, que poderá passar por cursos privados online, formações específicas, tutoriais ou qualquer outro tipo de conteúdo exclusivo.

5/ VENDER PRODUTOS DERIVADOS AOS LEITORES

Não interessa se falamos de um e-book, de um guia ou de um tutorial : é possível vender de produtos relacionados com a sua atividade, caso o conteúdo seja suficientemente atrativo e específico. Esta é uma maneira de valorizar a sua atividade e de ser remunerado pelo trabalho desenvolvido. Caso a marca que representa seja conhecida, poderá também considerar T-shirts e outros gadgets, desde que a abordagem seja coerente e estratégica.

6/ FORMAR PARCERIAS EDITORIAIS

Caso o conteúdo do seu blog seja de boa qualidade, poderá associar-se a grandes marcas para a redação conjunta de um artigo, o qual poderá ser, por exemplo, um publieditorial (em Inglês advertorial que resulta da contração de advertisement e editorial), um artigo patrocinado, ou então um artigo onde tem total liberdade editorial, não obstante de estar associado a uma determinada marca. Estas parcerias editoriais permitir-lhe-ão a estruturação da sua abordagem, tal como ser reconhecido pela sua comunidade, ao mesmo tempo que aumenta a sua credibilidade.

7/ TESTAR PRODUTOS EM TROCA DE VISIBILIDADE PARA UMA MARCA

Caso efetue testes com regularidade, as marcas poderão enviar-lhe gratuitamente produtos para teste ou proporcionar-lhe o acesso a serviços para que os possa divulgar no blog. Não será isto a pagar-lhe as contas no fim do mês, porém receberá presentes práticos.
Isto exige todo um trabalho de fundo antes de ser reconhecido como um “testador” profissional e de confiança, mas é um bom indicador da influência do seu blog, caso as marcas o contactem para este fim. Também neste caso a forma como valoriza estes testes é exclusiva da sua linha editorial, mas quanto mais honesto e transparente for, mais a sua comunidade o apreciará.

8/ ORGANIZAR ENCONTROS E REUNIÕES PRESENCIAIS

Assim que o seu blog se torne deveras conhecido e influente, é chegada a altura de passar para o outro lado do ecrã e, porque não, valorizar o seu trabalho e prática em eventos, encontros e conferências. Mas, se esta é a etapa que representa a consagração do seu trabalho, é também a etapa que, provavelmente, o transformará num blogger a tempo inteiro e assumir novas obrigações profissionais!

Por conseguinte, a rentabilização de um blog exige todo um trabalho de fundo antes de conseguir ganhar dinheiro com ele. Aliás, o objetivo não é criar um blog porque quer ganhar dinheiro, mas sim de trabalhar o seu blog como uma paixão pessoal que poderá complementar os seus rendimentos a longo ou a curto prazo. Este é um compromisso essencial e começará a rentabilizar de forma natural. Não esqueça nunca que a rentabilização do blog é a recompensa de um longo trabalho, o qual deverá ser honesto, de qualidade e sincero. Se a sua comunidade confia em si, isso será do conhecimento dos anunciantes, que confiarão também.

Se gostou deste artigo, faça download do nosso White Paper “Tudo o que precisa de saber para alavancar a performance das suas campanhas digitais.” Pode igualmente descobrir quais as nossas soluções de marketing de performance ou contactar-nos para mais informações!

Ana | Kwanko

The author Ana | Kwanko

Leave a Response