Publicidade Mobile

6 RAZÕES ÓBVIAS PARA A EXTENSÃO DO MARKETING ONLINE AO MOBILE

marketing mobile

Em 15 anos, todas as empresas foram afetadas por uma revolução que mudou radicalmente a sua forma de funcionamento. A digitalização da economia alterou comportamentos e abriu as portas para saídas e oportunidades de crescimento antes inimagináveis. A Big Data está no centro de todas as atenções, como o marketing mobile, a automatização ou o marketing programático. Os showrooms tornarão-se virtuais, as redes sociais reiventaram a relação com o cliente e os smartphones tornaram-se a arma dos consumidores. Compras, comentários, partilhas, pesquisas… o mobile tornou-se omnipresente.

As grandes marcas adaptam-se e desenvolvem campanhas de marketing capazes de determinar a pessoa certa, na altura certa, no lugar certo e com o dispositivo certo para enviar-lhe mensagens personalizadas, relacionadas com as preocupações atuais.

Caso ainda não tenha aderido, eis 6 motivos óbvios que o vão ajudar a decidir-se.

1 – O MARKETING MOBILE CHEGOU PARA FICAR

O marketing mobile não é um epifenómeno. Trata-se de uma tendência subjacente que reestruturou profundamente a aproximação das marcas aos clientes. Todas os dados estatísticos são concordantes. Julgue por si mesmo:

  • O número de telemóveis e de dispositivos conectados supera o da população mundial. Um estudo  revelou que o crescimento dos telemóveis e dos dispositivos supera 5 vezes o dos habitantes mundiais.
  • Em 2016, o número de consultas feitas via telemóvel superou o das realizadas via computador. Por conseguinte, há que estar onde estão os clientes.
  • As empresas adaptaram-se em conformidade : 58% possuem equipas especialmente dedicadas ao marketing mobile e 71% dos profissionais de marketing consideram o mobile determinante para a sua estratégia.

O telemóvel tornou-se o primeiro ponto de contacto do consumidor com a marca. Reconheça o quão prejudicial será ser ultrapassado, porque a mudança nada mais é do que estratégica (para além de estruturada e organizacional para os anunciantes). Com o marketing mobile, uma nova cultura e um novo estado de espírito surgiram também : mais reativos, mais ágeis e mais flexíveis.

2 – PREDOMINÂNCIA DAS APLICAÇÕES MOBILE

Muito do tempo passado ao telemóvel é dedicado às aplicações (mais de 90%). O resto do tempo destina-se à navegação na internet e às pesquisas. Por conseguinte, a criação de uma aplicação é extremamente valiosa, por permitir um envolvimento adicional com os clientes. Trata-se de um meio que lhe possibilita o desenvolvimento de um elo privilegiado com a sua comunidade e a otimização de um poderoso canal de comunicação.

A aplicação deverá possibilitar a criação de uma experiência única : uma forma simplificada de comprar, um conteúdo específico ou uma funcionalidade que simplifica a vida do mobinauta. Com um pouco de antecipação e de reflexão, a sua aplicação mobile pode tornar-se o primeiro ponto de contacto com a sua comunidade.

3 – CHEGOU A GERAÇÃO Z

Se a geração Y passou por toda esta transição com o mobile, a geração Z nasceu com ele. A não definição de uma estratégia de marketing mobile significa, pura e simplesmente, a não existência para esta geração e a incapacidade de a alcançar. Mais um motivo para pensar mais à frente, até porque ainda não é demasiado tarde.

São muitas as boas práticas a implementar o mais rapidamente possível e a maioria das agências especializadas já o estão a fazer. O marketing mobile chegou com os seus códigos, estilos e costumes de como falar à geração Z. Seja direto, franco, honesto, eficiente, participativo e interativo.

4 – PARTICIPAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

Sem exceção, todas as redes sociais são mais acedidas via telemóvel do que computador. Por conseguinte, caso pretenda captar a sua comunidade, precisa de adaptar uma estratégia de marketing direcionada “unicamente para o telemóvel” (“mobile only”).

Ajuste o tamanho dos seus posts, adapte o seu conteúdo e certifique-se de que é coerente e legível em todas as redes sociais. Pode também mudar o seu serviço ao cliente, quer seja para o Facebook, Twitter ou Messenger. Deverá ser facilmente contactável.

Por último, isto significa também possuir um website devidamente otimizado para a partilha do seu conteúdo : um site responsivo construído, antes de mais, a pensar no telemóvel e, em seguida, no computador.

5 – A INTERATIVIDADE TORNA-SE REGRA

As histórias do Instagram, os vídeos do Snapchat, as experiências 360 do Facebook, as aplicações para correio eletrónico e os chatbots como o Messenger ou o Whatsapp, ou o live do Periscope… a interação com uma marca, a partir do telemóvel e em meia dúzia de gestos simples, tornou-se normal. Em resultado, a construção da sua estratégia mobile implica a construção de uma narrativa e de um universo próprio para a participação interativa da sua comunidade. Realize vídeos curtos e legíveis com e sem som, interesse-se pelos conteúdos em formato mobile, organize tarefas fáceis de executar a partir de um telefone, como um concurso de fotos, por exemplo, e entre em cena em grande estilo, com conteúdo visual e exclusivo.

6 – O MARKETING AUTOMATION MUDA AS REGRAS DO JOGO

Os biliões de dados gerados e tratados diariamente pelas empresas fazem-se acompanhar por novos processos de trabalho mais eficazes : a automatização. Indispensável para o envio de notificações, e-mails personalizados, vales de descontos ou para o desenvolvimento de uma aplicação eficiente, a automatização permite ir ainda mais longe nos dispositivos mobile do que o que seria possível de forma tradicional.
Ao recorrer à automatização para aprimorar o mobile marketing, conseguirá segmentar melhor a sua abordagem e empreender ações personalizadas junto da sua comunidade.

O marketing mobile alterou as regras do jogo e pressupõe mudanças de fundo, na sua organização, e de forma, na própria conceção das suas ferramentas e campanhas. Tudo oportunidades para modernizar a marca que representa, ouvir um novo mercado e conquistar parte do mercado dos seus concorrentes não tão sensibilizados quanto você para o marketing mobile.

Se gostou deste artigo, faça download do nosso White Paper “Tudo o que precisa de saber para alavancar a performance das suas campanhas digitais.” Pode igualmente descobrir quais as nossas soluções de marketing de performance ou contactar-nos para mais informações!

Laura Spitz

The author Laura Spitz

Leave a Response